BLOG da KIMIA para aumento de produtividade

Receba nossos conteúdos semanais e gratuitos
ASSINE

Entenda a cultura lean e como ela reforça o processo de mudança na sua empresa

Por Guilherme Sandrini em 17/02/2020

Todo processo de implantação do Lean envolve a transformação dos processos existentes. Como já sabemos, a sistemática de eliminação de desperdícios resulta em mudanças capazes de melhorar a maneira como o trabalho é realizado. Essa é parte tangível ou visual das mudanças.

Entretanto, uma parte importante de qualquer processo de mudança envolve a cultura da empresa. Essa parte é mais difícil de perceber, é menos tangível. Mas se seu objetivo é consolidar a implantação do Lean e efetivamente tornar sua empresa enxuta, será importante trabalhar estes aspectos e criar uma Cultura Lean. Continue a leitura para entender mais!

O que é a Cultura Lean?

Antes de mais nada, cultura é um termo bastante complexo para ser corretamente definido. Não iremos se propor a isso, mas sabemos que ela envolve crenças, valores, costumes, práticas, leis e comportamentos. Assim, pensar na cultura de uma empresa envolve entender mais do que seus processos, mas também inclui os valores e premissas que consideramos ao estabelecer estes processos e as rotinas existentes.

Dessa forma, se o Lean defende a eliminação de desperdícios e a melhoria contínua da operação, quais valores e comportamentos devem fazer parte de uma Cultura Lean que estimule a busca pelos objetivos da iniciativa? A seguir, apresentamos alguns.

Aspectos da Cultura Lean que devem estar presentes na sua empresa

Dar voz aos colaboradores

Um aspecto importante é mudar a maneira como as decisões são tomadas no dia a dia. A maneira tradicional é ter gestores definem o que deve ser realizado e equipes operacionais simplesmente realizam a execução.

Uma Cultura Lean bem estabelecida exige que as equipes sejam sempre consultadas e até desafiadas a propor soluções e investigar causas no dia a dia. Ao líder, cabe a função de capacitar as equipes e dar as condições para que elas entreguem resultados e encontrem alternativas.

Quando os gestores incentivam essa autonomia dentro do ambiente de trabalho, novas ideias surgem com mais frequência. Mas é importante destacar que ‘dar voz e autonomia’ é bem diferente do que dizer: “Se virem, precisamos do resultado!”. O mais adequado seria dizer: “Vamos entender juntos quais as causas para esse problema, o que precisamos para resolvê-lo”.

Liberdade para expor problemas

Se um programa de melhoria contínua deseja atuar fortemente na resolução de problemas e eliminação de desperdícios, a Cultura Lean existente deve incentivar as equipes a tornar estes problemas evidentes.

Se sempre que um problema for evidenciado os responsáveis pelos processos forem responsabilizados e até punidos, não devemos esperar que os colaboradores criem o hábito de trazê-los a luz. Pelo contrário, sua equipe será muito hábil em “varrer a sujeira para baixo do tapete” e em tentar explicar o inexplicável.

As discussões serão sempre focadas em encontrar justificativas para os problemas, e nunca em resolvê-los. As pessoas não estarão preocupadas em pensar o que é melhor para a empresa, mas estarão se protegendo o tempo todo.

Powered by Rock Convert

Metas compartilhadas tornam colaboradores em parceiros

Outro aspecto importante envolve a comunicação, alinhamento das expectativas e as metas existentes. A partir dos objetivos estratégicos do negócio, cada nível da organização e suas áreas devem possuir objetivos específicos que sejam desdobramentos dos objetivos globais da empresa.

Dito de outra forma, se cada equipe atingir seus objetivos específicos, a estratégia como um todo deverá ser atingida. O correto alinhamento dos objetivos deve ser capaz de entregar isso.

Ao compartilhar os objetivos, chegando até os níveis operacionais, gera-se engajamento e cria-se uma grande rede de parceiros interessados em se desenvolver, melhorar processos e trabalhar com propósito. Estes parceiros entenderão o impacto de seu trabalho para empresa e na entrega de valor aos clientes.

Foram detalhados alguns aspectos da Cultura Lean, porém sem ser exaustivo. Poderíamos apresentar muitos outros (faremos isso futuramente). Porém, a questão é: como implementar uma Cultura Lean?

Como implementar a Cultura Lean em sua empresa?

Por onde começar a implantação de uma Cultura Lean? De ‘baixo para cima’ ou de ‘cima para baixo’? A resposta para essa pergunta é, evidentemente, de “CIMA PARA BAIXO”.

Não podemos esperar que, ao simplesmente envolver as equipes operacionais nas atividades de melhoria, estes irão absorver os aspectos culturais necessários nesse processo e passarão a trabalhar de maneira diferente.

A empresa deverá ser guiada nesse processo, e isso deve ser realizado tendo o total envolvimento da alta gestão. E a melhor maneira para realizar essa atividade é LIDERAR PELO EXEMPLO.

Se o objetivo é mudar a cultura, o comportamento da alta gestão deve mudar primeiro e isso deve ser comunicado direta e repetidamente, com uma mensagem de que “agora é diferente”. As equipes sempre “dançam conforme a música”, e deve ficar claro quais as novas regras do jogo.

Dentre as várias empresas que já atuamos, uma delas particularmente nos chamou atenção porque a cultura de responsabilizar as pessoas pelos problemas era muito marcante. Aparentemente, era a cultura existente “desde sempre”. Levou um certo tempo para que elas entendessem que existia uma mudança em curso. As discussões para entendimento e resolução dos problemas eram ‘pobres’, sempre com foco nas justificativas. As reuniões eram pouco produtivas.

Coube a direção da empresa destacar que o objetivo era resolução, e não as responsabilização das pessoas. E, claro, tiveram que manter a coerência entre o discurso e a prática. Parece óbvio e provavelmente é, mas muitos gestores esquecem dessa parte.

Caso queira conversar com nossos consultores para implantar o Lean e impactar a cultura da sua empresa, clique aqui e entre em contato. Podemos suportar sua empresa com uma abordagem de projetos que gera engajamento e coaching para liderança que consolida o processo de mudança.

Powered by Rock Convert


Guilherme Sandrini

Guilherme Sandrini

Sócio da Kimia. Engenheiro e mestre em Engenharia de Produção. Certificado PMP - Project Management Professional. Atua em melhoria contínua desde 2004.



« Voltar

Sobre a KIMIA

São mais de 15 anos de experiência em diversos setores e segmentos para ajudar a sua empresa aumentar a produtividade, a competitividade e os lucros.

Inscreva-se em nossa newsletter

E receba por e-mail novos conteúdos sobre Melhoria Contínua e Aumento de Produtividade


Vamos conversar sobre como
aumentar a produtividade
em seus processos?


CLIQUE AQUI
e converse sem compromisso
com um de nossos consultores.
©KIMIA CONSULTORIA | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS